Como fazer Gráficos dinâmicos em Excel

Como fazer gráficos dinâmicos no Excel
por

Aprender como fazer gráficos dinâmicos no Excel pode ser de grande utilidade para você, principalmente se o estiver trabalhando com uma tabela que possui grande volume de informações.

Sendo assim, que tal aprendermos como fazer gráficos dinâmicos no Excel agora mesmo? Vamos aprender a fazer isso agora mesmo através desse artigo.

como fazer gráficos dinâmicos no excel 2013

 

Inserindo uma barra de rolagem na planilha

Para inserir uma barra de rolagem, assim como qualquer controle de formulário na planilha, é preciso que a guia “Desenvolvedor” seja exibida, e isso não ocorre por padrão.

Para realizar isso, é necessário acessar o menu “Arquivo” e clicar em “Opções”.

Na caixa suspensa que irá se abrir, você clica em “Personalizar faixa de opções”, o que irá habilitar a guia desejada na lista que irá aparecer ao lado direito da tela.

Seguidos esses passos, a guia “Desenvolvedor” estará visível entre as opções disponíveis.

Clicando em “Inserir”, você poderá encontrar uma série de controles de formulários e outra de controles ActiveX. No primeiro grupo, escolha a barra de rolagem.

Se estiver com dúvidas, basta posicionar a seta do mouse sobre os botões existentes para que seus nomes sejam exibidos.

A barra será “desenhada” na planilha, no tamanho que desejar, como acontece com uma caixa de texto, por exemplo.

 

como fazer gráficos dinâmicos no Excel

Como trabalhar com a barra de rolagem

Use uma tabela já existente na planilha para trabalhar nesse ponto. Primeiro, é preciso formatar a ferramenta inserida.

Assim, após clicar com o botão direito no objeto, escolhe-se “Formatar controle” e, na opção “Vínculo de célula”, deve ser indicada a célula escolhida para essa finalidade.

Tendo o número 0 como ponto inicial, sempre que a barra for movimentada, o valor numérico será alterado.

É possível definir um valor máximo, que deverá ser igual à quantidade de itens dentro da tabela.

Para fazer com que a barra de rolagem trabalhe junto dos dados da tabela, primeiro vamos copiar o cabeçalho para outro ponto da planilha.

Na célula inferior ao item que servirá como referência para a rolagem, deverá ser utilizada a função “ÍNDICE”, onde a matriz será a tabela inteira e o número de linha a célula na qual está vinculada a barra de rolagem.

Vale ressaltar que todos os parâmetros da fórmula deverão ser travados.

O número da coluna deverá ser definido por meio da função “CORRESP”, (valor_procurado; matriz_procurada; [tipo_correspondência]).

O valor procurado está relacionado à célula sob a qual deve estar se inserindo a fórmula e a matriz procurada ao cabeçalho da tabela original, e ela também deve ser travada.

Por fim, o tipo de correspondência precisa ser igual a 0 – “Correspondência exata”.

Finalizando

Para que a tabela funcione corretamente, é preciso apenas puxar a referência para as demais colunas.

Com a barra de rolagem pronta para funcionar, é preciso apenas inserir um gráfico (selecionando a tabela em foi inserida a função) e formatá-lo da maneira que preferir, posicionando a barra ao lado ou abaixo.

O controle de formulário pode ser criado na vertical ou horizontal, e para alterar o tamanho ou direção, é só clicar com o botão direito do mouse nele, posicionar a seta em uma das extremidades e arrastar.

Assim, você já pode visualizar os itens em gráficos dinâmicos.

Conclusão

Aprender a usar a barra de rolagem para criar gráficos dinâmicos no Excel abre um legue de possibilidade, oferecendo aos usuários a oportunidade de visualizar os itens individuais através dele.

Agora que você aprendeu como fazer gráficos dinâmicos no Excel, não deixe de praticar para não esquecer de tudo o que aprendeu até aqui. Assim, no dia em que for precisar, essa informação não lhe fugirá da cabeça.

Este conteúdo faz parte de nosso curso de Excel Avançado.

Share

Artigos Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chame no WhatsApp