Como usar o multímetro em reparo de placas

Como usar o multímetro em reparo de placas
por

Você sabe como usar o multímetro em reparo de placas de celular? Se sua resposta for não, sem problemas. Vamos aprender um passo a passo para aprender usar esse recurso a seu favor hoje mesmo.

 

Passo 1# – identificando se a placa está em curto

Inicie colocando o cursor do Multímetro na escala de diodo (que tem um “bip”).

Logo depois, é preciso colocar o ponto do multímetro positivo no pino também positivo do conector da bateria, e o outro no ponto negativo.

Se o Multímetro soar o BIP, é por que a placa está em curto.

Passo 2# – Identificando os componentes em curto

Quando um aparelho for para você com a fonte, é preciso conectar a energia. O componente em curto puxara muita energia para si, de modo que ficará mais quente do que os outros componentes.

Mas e se você não tem a fonte? Com o cursor negativo, você deve ir tocando nos pontos “terra” (que são as partes metálicas ou as linhas amarelas na placa), e com o positivo deve-se ir tocando nos capacitores.

Uma das pontas dos capacitores deve ser negativa, e ela irá dá o BIP, mas a outra não, portanto não dará continuidade no multímetro. Ao encontrar um capacitor que esteja dando continuidade nas duas pontas, ele estará em curto.

Quando encontrar o componente em curtos, é preciso tirá-lo e realizar o passo 1 novamente para saber se a placa ainda está em curto.

Usando o multímetro no reparo de celulares

Como deu para perceber o multímetro pode ser de grande ajuda na hora de usá-lo para o reparo de celulares, tanto em coisas simples, como as mais avançadas.

Quando for realizar um reparo ou tentar identificar um problema, o multímetro será de extrema importância para essa realização. Por isso, seria muito bom se você estiver um por perto.

Assim, além de aprender como usar o multímetro em reparo de placas de celular, ele também lhe será útil para tablets, e talvez até aparelhos de DVD’s.

Por isso, compre um de boa marca e de qualidade e que seja confiável para trabalhos de reparação. Afinal, nunca se sabe quando ele será útil, mas uma hora ou outra alguém se ver precisando dele em casa.

Será quase impossível identificar o problema em uma placa de celular sem o uso do multímetro. Sem identificar o problema, não há como resolve-lo.

Para que mais serve o multímetro?

O Multímetro é utilizado principalmente para tentar e medir grandezas de componentes eletrônicos, ou até mesmo da rede elétrica.

As funções básicas de um Multímetro digital são a medição de Tensão contínua, Tensão alternada, resistência elétrica e corrente contínua.

Uma função das funções mais comuns também na maioria dos multímetros é o teste de continuidade com alerta sonoro (método usado para saber se a placa está em curto`).

Para se usar a Medição de tensão contínua, deve ser escolhida a escala de tensão contínua imediatamente acima da tensão esperada na medição.

Por exemplo, para medir o nível de carga de uma pilha, onde se espera ter 1,5V, deve ser selecionar a escala de 2000mV, enquanto medir a bateria de um carro, exige a escala de 20V.

Depois de feita esta seleção, conecta-se a ponta Vermelha ao positivo da bateria ou fonte de tensão contínua e a ponta preta ao negativo e o mostrador do Multímetro irá indicar a medida.

Conclusão

Sem dúvidas, aprender como usar o multímetro em reparo de placas e até mesmo com outros detalhes adicionais tem muita utilidade. Por isso, se você tem um em casa, não livre dele, mas o guarde. Você pode precisar dele.

Se gostou deste artigo, veja também Os melhores fornecedores de peças e acessorios para celulares

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chame no WhatsApp